segunda-feira, 8 de outubro de 2012

pensamentos difusos de um dia bonito


sua pele macia. meu rosto em seus braços. sua mão acariciando minha cintura. sua perna envolvendo as minhas pernas. sua respiração alternada em minha nuca - às vezes sinto um suspiro, um sopro mais forte enquanto sua mão caminha por meu corpo. sinto uma energia tão vibrante. tão boa.

seu sorriso. suas covinhas. seu olhar quando você tá com vergonha. aquele sorrisinho sem graça, olhos meio hesitantes.

minha barreira conscientemente criada para evitar qualquer tipo de decepção provável. meu mecanismo de defesa. é possível estarmos em diferentes patamares. com diferentes objetivos... penso que é melhor não alimentar esse sentimento já meio condenado.

analisando todos os desencontros que aconteceram e continuam acontecendo comigo, mal posso esperar para que a hora de eu poder compartilhar o meu melhor com alguém chegue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário